Cada item que compõe uma empresa tem um custo. A começar pelo espaço físico, que tanto faz ser alugado ou proprio demanda um custo alto e precisa comportar confortavelmente um número agradavel de pessoas.  Afinal não poderíamos recebê-los em uma calçada, em uma tenda com lona, em um descampado no fim do mundo. Sabemos que cada um dos clientes e parceiros  é tão importante que optamos em recebê-los em um lugar que ofereça segurança, privacidade, conforto, comodidade e que supra as suas necessidades. Que tenha diferentes ambientes para diferentes expectativas.

Depois do espaço físico, a parte mais custosa é a “de pessoal”. A  secretaria que agendou o dia, conferiu todos os itens para td dar certo, idealizou o flyer com as informações, distribuiu convites, divulgou o evento durante dias; a faxineira que vai deixar td perfeito antes e depois da sua estadia… Ninguém trabalha de graça.

O guardanapo  tem um custo, o produto de limpeza o cafezinho, o papel higiênico que vc usou no banheiro, a folha-toalha, o sabonete, a descarga. “TUDO QUE EH GASTO, EH UM GASTO”. A luz que ilumina sua passagem, a linha telefônica para fazer funcionar a maquininha do cartão, para dar informações para quem liga, para chamar seu taxi. A internet pro site, o site, o wi-fi. Tudo isso são coisas estruturais mínimas! E lá se foram várias cifras. Depois vem as custas governamentais, dessas nem preciso usar meus Blasblasblas…

Há ainda os eventos aos quais existe demanda de gastos extras como atrações externas, técnicos, impressão de banners, compra de objetos para sorteios.

Como empreendedora ouso dizer que cada um dos clientes é uma “very important person”. Se pudéssemos, tudo  seria free, pois amamos o que fazemos, mas não podemos. Não somos uma  entidade mágica acima do capital, é necessária esta consciência na hora de contratar seus colaboradores, parceiros ou divulgadores, para que os mesmos contribuam, divulguem, convidem, atendam o cliente com 101%de comprometimento. Concluo dizendo que TODO empresario depende da presença do público. Faz-se necessário pretigiá-los.   FAÇA tudo aquilo que vai além do que se pode pagar ou receber, não adianta dizer depois que o cliente reclama…   * que pena**errei**não tive a intenção*…..se vc não fez a sua parte !!!!!  AHHH E ANTES QUE EU ME ESQUEÇA ….SE VC NÃO CUIDAR …VEM O CONCORRENTE E CUIDA !!   Simples Assim …..

Compartilhe

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhar no WhatsApp