Tal como nas leis da física, em que cada força posta em movimento resulta em um movimento por tempo e direção correspondente à força inicialmente imposta, assim é o karma.

Resultado (força resultante) daquilo que praticamos, sentimos, pensamos, fazemos ou deixamos de fazer.

Não se trata de uma noção exclusiva de qualquer religião em particular. Nem sequ

er de um sistema de crenças que leve este nome.

Apenas a constatação de que as forças que movimentamos (ou deixamos de movimentar) tem um reflexo que nos atinge a seguir.

A julgar por aquilo que a humanidade tem posto em movimento, não teremos um futuro muito promissor.

Não se trata de “mérito” ou “demérito”, a menos que você assim creia.

São leis naturais, como as demais que regem o universo.

Ora, tal como na Física, a única forma de modificarmos uma força já posto em andamento, é pela interferência de uma outra, que modifique a direção da força original.

Trabalhe, tanto no plano de suas ações como no plano da energia mental, para a construção de um mundo mais digno e feliz para todos.

Porque a VIDA e uma só.

Compartilhe

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhar no WhatsApp